CICLOVIA BOULEVARD – PONTA NEGRA, A CICLOVIA FANTASMA

/, Notícias/CICLOVIA BOULEVARD – PONTA NEGRA, A CICLOVIA FANTASMA

CICLOVIA BOULEVARD – PONTA NEGRA, A CICLOVIA FANTASMA

Em julho de 2013, os ciclistas e simpatizantes da mobilidade urbana por bicicleta tiveram acesso ao projeto da Ciclovia Boulevard – Ponta Negra. Seriam os primeiro quilômetros de ciclovia em Manaus, respondendo aos anseios de quem diariamente utiliza a bicicleta como meio de transporte e dando início à promessa de campanha de 80 km de ciclovias em 4 anos.

Essa notícia, extremamente festejada por uns e desacreditada por outros, começou a se concretizar quando, no início de 2014, as obras foram iniciadas. No acompanhamento da referida obra, vieram as primeiras desconfianças de que algo estava muito errado, já que não se notava rampa de acesso denotando não ser uma ciclovia.

Agora temos a notícia de que por meio de uma mudança no projeto, a prometida e aguardada ciclovia será somente uma calçada restaurada, ou seja, até o momento, 600 metros de passeio público reconstruído. É isso mesmo, a obra foi apenas para demolir uma estrutura que já existia e estava em boas condições de uso para substituir por outra, com a desculpa de que não haverá tempo para conclusão da obra, em completo descaso, desrespeito com o povo e o dinheiro público.

Nada poderia frustrar e decepcionar mais a todos aqueles que de forma direta ou indireta iriam se beneficiar da ciclovia. E não falamos de poucas pessoas ou de uma classe específica, a dos ciclistas urbanos. Falamos de benefícios que poderiam aliviar o caótico e agressivo trânsito da cidade, beneficiando por fim a toda Manaus. Falamos das centenas de corajosas pessoas que já utilizam a bicicleta como modal, se arriscando a vir a ser mais um número estatístico dentre as vítimas do trânsito manauara. Falamos daqueles que simpatizam com a ideia de usar a bicicleta para pequenas distâncias desde que a cidade ofereça um mínimo de estrutura. Falamos dos usuários do transporte público que, diariamente, convivem com a superlotação, a má conservação, a insegurança, os atrasos e greves e que poderiam cumprir boa parte de seus trajetos de bicicleta.

Falamos dos milhares de condutores de motos e carros que se espremem em meio a outros veículos se expondo à acidentes e agressões. Destes alguns usariam a bicicleta e outros, que nunca vislumbraram essa possibilidade, seriam beneficiados pelo menor número de carros nas ruas.

Porém, numa prova de pensamento e ação retrógrados, a Prefeitura de Manaus, por enquanto, nada fará. A tão almejada ciclovia virou um fantasma. E tal qual um ganhador da mega sena que perde seu comprovante de jogo e não recebe seu prêmio, seguimos extremamente frustrados, não somente pela promessa não cumprida, mas também pelo mau uso do dinheiro público e pela visão curta daqueles que nos governam, que na contra mão da tendência das cidades brasileiras, dá um enorme e triste passo pra trás.

Hoje, embora com muita dificuldade, PRECISAMOS gritar: VAI PEDALA!!!

 

By | 2017-11-28T11:40:12+00:00 Maio 25th, 2014|Cicloativismo, Notícias|Comentários desativados em CICLOVIA BOULEVARD – PONTA NEGRA, A CICLOVIA FANTASMA

About the Author: